sexta-feira, 27 de junho de 2014

Quem não sabe é como quem não vê

Fatura da água 40,40€?? What? Então mas tenho pago sempre abaixo dos 10 e 5€. Logo agora que sou só eu, de vez em quando o ex-noivo aparece, mas não é para tanto. A não ser que o bixo passe o dia de torneiras abertas enquanto eu não estou em casa.

Ohhhhhh mãe a minha conta da água este mês foram 40,40€, é normal????

E a querida progenitora diz que não, não é normal, e para eu ver disso. Mas eu não percebo nada da fatura, consumo real, estimativa, resíduos, tarifa variável, tarifa fixa. Raios... 'Tá bem, eu depois ligo para lá..,.

4 comentários:

  1. Olá fofinha… Olha isso é normal… Sabes porque te veio esse valor assim tão alto? Chama-se acertos… Ou seja desde que estas aí a morar o valor da fatura da água veio sempre igual não foi (entre 5€ a 10€, certo?) mesmo quando moravas com o teu ex?.

    Agora eles devem ter la ido e mediram e viram que tinhas gastado mais água do que aquilo que faturaram... Ao meu primo aconteceu-lhe a mesma coisa... Vinha-lhe sempre 7€ e depois veio-lhe uma fatura de 90€ e tal... Foram os acertos.

    A mim este mês veio-me 7€ e tal.. Mas para o próximo mês já vou mandar a leitura certa, pois nunca na vida iria gastar 7€ de agua tomando banho todos os dias, tendo maquina de lavar pratos e de roupa... :)

    Beijocassss *.*

    ResponderEliminar
  2. Bom dia Bombokinha:))) Para evitares isso marcas no teu telemóvel o dia certo em que deves ser TU a mandar a leitura do contador para lá, assim não dá aso a acertos, pagas o valor certo e ponto final. Os acertos e as "estimativas" são maneiras de te comer dinheiro!

    Abre a pestana: Com a luz deves fazer exatamente o mesmo! Mandar a leitura tu em dia certinho.


    Jinhoooooosssss minha DOCE ♥

    ResponderEliminar
  3. Foram acertos de certeza :)

    Eu costumo pagar cerca de 27€ por mês. E mando a leitura certinha.... É caro viver na minha terrinha!

    O ex-noivo costuma passar por aí... humhuhmhum

    ResponderEliminar
  4. Há pois eu sei bem o que custa, fiquei na casa dos meus pais a viver com a prestação por acabar imi anual, agua, luz, comida, carro e claro bricolage.
    Todos os meses tinha uma surpresa de doer mas tem que ser, tentar não endividar, estava habituado a certos luxos que tive que riscar da minha lista e claro começar uma batalhar contra o governo e contra os aumentos tinha uma tabela de cortes e de coisas que só podia comprar em certos meses só para poder ficar com dinheiro na conta e não ficar sem nada, os meus amigos diziam que era louco e que não tinha necessidade de fazer isso, mas pouca gente sabe o que é viver com essas despesas. Mas a volta tornou-se evidente e deu frutos, a poupar a poupar fui comprando as minhas coisinhas e tem que ser assim.
    Se quiserem umas dicas cá estou eu. Um forreta de primeira. :)

    ResponderEliminar